Especialistas dão dicas para quem quer ser um empreendedor digital!

Empreendedor DigitalQuem está pensando em ser um empreendedor digital preste atenção na informação a seguir. Os especialistas dizem que o mercado é promissor e está crescendo. Tem gente virando empreendedor digital com R$ 1 mil. Mas o mundo digital exige a mesma dedicação de uma loja  em que o dono tem que estar presente.

A empreendedora digital Karina Mattos buscava um trabalho em que ela pudesse ficar mais tempo com a filha. Encontrou a solução em um quarto da própria casa. Graças ao curso Consumidor do Futuro, a Karine conseguiu ter uma renda de quase R$ 8 mil por mês indicando links de produtos e ganhando comissões generosas.

“Eu ganho mais do que ganhava na empresa que eu trabalhava. Mas o maior ganho é a qualidade de vida”.

Mas assim como ela tem muita gente investindo no comércio virtual e esse investidor tem um perfil comum. São em sua maioria jovens, de até 40 anos e o comércio virtual é a primeira tentativa de empreender, clique aqui e conheça mais.

“Muitas vezes ele tem uma carreira, mas não aquilo que ele faz na loja virtual está ligado à carreira dele – faz muitas vezes como hobby. Começa quase que como uma brincadeira, mas na medida que se torna séria, é natural que ele queira desenvolver a empresa dele”, explica o especialista em comércio digital, Adriano Caetano.

Empreendedor Digital, Cartilha do Sebrae;

Por conta da procura, o Sebrae de São Paulo lançou uma cartilha com um passo a passo para abrir uma loja virtual. Mas especialista alertam que ter um negócio na internet tem tantos desafios como qualquer outro negócio tradicional.

A lista de dicas para achar um lugar na rede inclui quatro itens imprescindíveis:
– Investir numa página na internet;
– 3 clics. Esse é o número máximo que os especialistas dizem que o cliente tem que demorar para achar o que procura, se não ele vai embora;
– Garantir segurança nas formas de pagamento;
– Cumprir prazos de entrega.

“Os crescimentos de faturamento de empresas virtuais são crescimentos chineses de 7%, 8% ao ano. Isso não desobriga quem vai entrar no mercado de se preparar. Da mesma maneira que muitas empresas abrem, muitas acabam fechando por não ter preparo adequado”, explica o superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, clique aqui e conheça o curso que mudou a vida da Empreendedora Karina.

Junte-se a milhares de Pessoas Comuns, Insira seu E-mail e receba DICAS Gratuitas sobre EMPREENDEDORISMO!

4 Comentários

  1. Ótimo conteúdo, muito relevante, Parabéns pelo artigo. Continue assim e muito sucesso, SEMPRE!!!

  2. Ótimo Artigo, estou no aguardo de novos conteúdos relevantes como esse. Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *